Sistema que combina áreas úmidas numa mesma estrutura ganha prêmio na França

O sistema construtivo modular e 100% industrializado que integra, em uma única estrutura, cozinha, banheiro e lavanderia conquistou o JEC Innovation Awards, principal prêmio de inovação do setor global de compósitos. Com isso, a G12, empresa responsável pela tecnologia, foi convidada a apresentar o trabalho na embaixada brasileira na França.

A tecnologia, chamada de Núcleo Úmido, foi desenvolvida para a companhia argentina Materiales Compuestos (MC), com participação de outras duas empresas brasileiras – Purcom e AJB –, da argentina Plaquimet e da francesa Composite Integrity, que pertence ao IS Group.

O modelo básico ocupa uma área de 7,41 m² e é feito apenas de compósitos, tornando-o mais leve – cada módulo pesa cerca de 1 mil kg. Por já vir pré-fabricado, a fabricante afirma que o Núcleo Úmido reduz em até 60 dias o tempo necessário para a conclusão da obra. “Na América Latina, onde o custo da mão de obra é baixo, a principal vantagem para a construtora é a maior produtividade e, em decorrência, a melhora do seu ciclo financeiro”, observa Erivelto Mussio, líder de projetos da G12.

Outra característica apontada pela empresa é a alta resistência mecânica e química do produto, já que os compósitos são resultantes da combinação entre resinas plásticas e fibras, como as de vidro, carbono ou aramida. O produto pode ser usado em outras aplicações, como postos de atendimento, dormitórios, residências completas, etc. “Essa versatilidade já chamou a atenção de investidores da Europa, África e Ásia”, afirma Mussio.

Por Gabriel Gameiro

Veja também: