Entidades da construção iniciam estudo para revisar a Norma de Desempenho, publicada há cinco anos

A NBR 15575 – Edificações Habitacionais – Desempenho, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), completará cinco anos esse mês. De olho nisso, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) e o Senai Nacional, em conjunto com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e do Sindicado da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), iniciaram um estudo técnico para identificar pontos de melhoria na norma técnica.

“Queremos levantar as necessidades de revisão com uma consulta bastante ampla e organizada com especialistas, empresas, entidades e instituições”, explica Maria Angelica Covelo Silva, consultora da CBIC para o projeto.

O texto de 2013 foi idealizado e elaborado ao longo de mais de dez anos de debate, reflexão e consolidação de outras 232 normas técnicas preexistentes. A NBR 15575 se tornou não só um divisor de águas para o controle da qualidade do espaço construído, mas também uma mudança cultural no mercado da construção civil.

Entre os pontos que devem ser melhorados estão a revisão de definições, maior precisão técnica ou clareza nos enunciados, itens referentes ao desemprenho acústico (como a precisão de caracterização das classes de ruído de entorno), ao desempenho térmico (como condições mais precisas para empreendimentos com grandes áreas envidraçadas nas fachadas) e à segurança contra incêndio (como a necessidade de harmonização com outras normas), entre outros.

Um levantamento por escrito da CBIC já está sendo disparado para as principais instituições que trabalham com a abordagem de desempenho, com a aplicação das regras ou com serviços/produtos que são diretamente impactados por elas. Além disso, quatro workshops (fechados, mas com transmissão online) serão realizados nas cidades de São Paulo e Brasília, cada um abordando partes diferentes da norma.

“Estamos reunindo um grupo muito seleto de profissionais afeitos ao tema, a partir do qual deverão vir propostas coerentes. Queremos construir um documento ecleticamente discutido por pessoas de gabarito técnico”, ressalta Dionyzio Klavdianos, presidente da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) da CBIC.

O resultado de tudo isso será apresentado no 90º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic) que acontecerá em Florianópolis de 16 a 18 de maio. Todas as contribuições serão encaminhadas como sugestão das entidades do setor a uma comissão de estudos da ABNT para a revisão da Norma do Desempenho.

Confira a agenda de workshops*:

1- Subsídios para a revisão da ABNT NBR 15575 quanto aos requisitos de segurança contra incêndio

Data: 22 de fevereiro (quinta-feira)
Horário: 8h30 às 13h00
Local: SindusCon-SP, São Paulo

2 – Subsídios para a revisão da ABNT NBR 15575 quanto aos requisitos de desempenho térmico e lumínico

Data: 16 de março (sexta-feira)
Horário: 8h30 às 13h00
Local: Sede da CBIC, Brasília

3 – Subsídios para a revisão da ABNT NBR 15575 quanto aos requisitos de desempenho acústico de sistemas de vedações verticais internas e externas

Data: 5 de abril (quinta-feira)
Horário: 8h30 às 13h00
Local: SindusCon-SP, São Paulo

4 – Subsídios para a revisão dos requisitos de desempenho acústico de sistemas de pisos

Data: 19 de abril (quinta-feira)
Horário: das 8h30 às 13h00
Local: SindusCon-SP, São Paulo

*Os eventos terão número limitado de convidados presenciais, mas serão transmitidos pela página da CBIC no Facebook.

Por Gabriel Gameiro

Veja também:

ATENÇÃO ASSINANTES!

O acesso às edições mais recentes das revistas AU – Arquitetura e Urbanismo, Construção Mercado, Equipe de Obra, Infraestrutura Urbana e Téchne foi restabelecido em nossa plataforma digital.