IPT Responde: como evitar vibração de crusher em demolição controlada?

Vibração de crusher em demolição controlada

Como evitar que a vibração de um crusher num processo de demolição controlada afete a estrutura que permanecerá intacta?

Supondo a britagem de alvenarias e revestimentos, apenas equipamentos de pequeno porte e baixa potência poderão ser utilizados, não causando vibrações significativas em relação aos elementos estruturais.

Caso haja necessidade de britador de porte considerável, e/ou a demolição de peças estruturais ou desmonte de rochas, estudos específicos deverão ser realizados, considerando o período natural de vibração da outra estrutura e outros elementos.

Em qualquer situação, sempre será possível cogitar o posicionamento do britador sobre apoios flexíveis, representados por molas, mantas de neoprene ou outros dispositivos.

Engº Ercio Thomaz
Cetac – Centro Tecnológico do Ambiente Construído

Estanqueidade e isolamento termoacústico em estruturas de light steel frame

Em estruturas de light steel frame, qual deve ser a diferença na composição (camadas) das placas externas e internas em termos de estanqueidade e isolamento termoacústico?

Entendemos como sistema de vedação vertical em light steel frame aquele sistema composto de quadros estruturais de perfis leves de aço (perfis conformados a frio) com fechamento em chapas em ambas as faces. Geralmente na face interna utilizam-se chapas para drywall e na face externa chapas que tenham maior resistência a intempéries (umidade, radiação e poluição), por exemplo as chapas cimentícias. Sobre as chapas da face externa ainda é possível a adoção de acabamentos, como réguas vinílicas ou metálicas (siding), pinturas e texturas, desde que compatíveis com os componentes de vedação.

O atendimento aos requisitos de estanqueidade à água, isolamento térmico e isolação sonora dependedas diversas configurações que o sistema de vedação em steel frame pode ter, por exemplo, a adoção de duas chapas na face interna, o uso de isolante no interior dos quadros estruturais, o tipo de tratamento das juntas entre chapas da face externa do quadro, os tipos de acabamento da face externa, entre outros. Portanto, o sistema, desde que adequadamente projetado, tem potencial de atender aos requisitos de desempenho estabelecidos tanto na norma ABNT NBR 15.575 quanto na Diretriz SiNAT 003.

Engª Luciana Alves de Oliveira
Cetac – Centro Tecnológico do Ambiente Construído

Veja também: