Notícias rápidas da engenharia

Museu na França recebe prêmio por obras de concreto colorido

Na edição deste ano do Colored Concrete Works Award, evento que premia obras de concreto colorido, o projeto do arquiteto argelino Rudy Ricciotti para o Museu das Civilizações da Europa e do Mediterrâneo (Mucem), em Marselha, no sul da França, foi o grande vencedor.

Foi utilizado um total de 1.100 m³ de concreto, em forma de blocos pré-fabricados, e mais 250 m³ de concreto in loco. O tom de cor cinza-escuro da obra foi proporcionado pelos pigmentos Lanxess Bayferrox 330 e Bayferrox 318.

Promovido pela Lanxess, o concurso atraiu arquitetos de diversos países. Eles puderam inscrever seus trabalhos desde que o edifício fosse feito de concreto colorido com pigmentos inorgânicos de óxido de ferro ou cromo – e não tivesse mais de cinco anos de vida.

Sistema de qualificação de consultorias em esquadrias quer melhorar o relacionamento com membros do setor

Criado para promover a qualificação da atividade de consultoria em alumínio, o Sistema de Qualificação de Consultores em Esquadrias (SQCE) também pretende incentivar o desenvolvimento profissional, empresarial e ético de profissionais e empresas de consultoria, além de regulamentar a atividade de seus credenciados.

O selo será concedido em três níveis: ouro, prata e bronze. Por intermédio dele, serão classificados diversos pré-requisitos, como competências dos profissionais que realizam as atividades técnicas de cada empresa; aspectos de formalização, legalização e gestão empresarial; e questões relacionadas a valores, comportamentos e estratégias.

Em parceria com o Centro de Tecnologia de Edificações (CTE), a Associação Nacional de Fabricantes de Esquadrias de Alumínio (Afeal) desenvolveu o sistema para melhorar a integração entre fabricantes, consultores, arquitetos, engenheiros, construtoras e incorporadoras de projetos de fachadas.

Minas Gerais tem primeiro edifício com certificação Leed v4

O prédio Espaço LarVerdeLar, em Governador Valadares (MG), é considerado o primeiro edifício brasileiro a receber a certificação Leed v4. O selo, que possui requisitos de sustentabilidade mais rigorosos do que suas outras versões, atesta quanto a construção está preparada com soluções que contribuem para a redução de impactos ambientais.

O edifício, que abriga a sede da Controle, empresa atuante no combate a pragas urbanas, foi projetado para reduzir o uso de energia em 88% e o consumo de água em 74%, e cerca de 94% dos resíduos gerados no decorrer da construção foram reutilizados ou reciclados.

Prefeitura de São Paulo aprova novo Código de Obras e Edificações

O prefeito de São Paulo, João Doria, sancionou no último dia 10 de maio o Código de Obras e Edificações. O objetivo do documento é atualizar e simplificar o licenciamento de empreendimentos, que seguia regras da versão anterior, de 1992.

A partir dessa aprovação, o alvará da edificação passa a licenciar todas as obras e serviços do empreendimento, como para canteiro de obra, estande de vendas, elevador, movimento de terra e muro de arrimo, entre outras. A nova lei estabelece também prazos máximos para a emissão de alvarás (sendo de até 90 dias para o alvará de aprovação; e até 30 dias para o alvará de execução).

Segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil de São Paulo (Sinduscon-SP), o código é considerado um avanço para o setor, mas deveria conter um texto mais equilibrado, já que alguns artigos geram conflitos com a Lei de Uso e Ocupação do Solo e o Plano Diretor, revisados recentemente.

O fluxo do Prepol-SC baseia-se em degraus com cobertura refratária equipados com bicos para saída de ar, os quais dão impulso para o combustível ser transportado progressivamente ao longo da grelha. Além disso, com a injeção de ar terciário no interior da câmara, o processo de combustão se torna ainda mais eficiente

Mercado de cimento ganha novo sistema de combustão para calcinadores

O sistema Prepol Step Combustor (Prepol®-SC), trazido ao Brasil pela alemã Thyssenkrupp, proprietária dessa tecnologia, é de fácil montagem, requer pouco espaço para sua instalação e, segundo a empresa alemã, praticamente dispensa a manutenção, já que é composto de elementos estáticos.

O equipamento possui uma grelha de combustão – em forma de escada – capaz de queimar combustíveis alternativos – como resíduos sólidos – com um maior tamanho de partícula por mais de 1.000 segundos a altas temperaturas. Comparada com a de um calcinador comum (com apenas 7 segundos de tempo de residência), essa nova tecnologia traz várias vantagens para as fábricas de cimento. Além de otimizar o uso de combustíveis alternativos e ampliar a eficiência de queima, ela proporciona às empresas de cimento uma nova economia de custo de combustível na operação.

A grelha do Prepol®-SC pode ser ligada a qualquer tipo de circuito precalcinador, e o sistema reduz as etapas de preparação dos combustíveis alternativos, o que proporciona em uma diminuição considerável do custo de preparação dos combustíveis sólidos. Outro benefício é que o sistema garante altas taxas de neutralização dos processos de decomposição química ao reter por mais tempo o combustível na câmara de combustão. Essa maior extensão de tempo pode ser alcançada com esforço mínimo, o que beneficia especialmente as fábricas já existentes, que enfrentam problemas de operação quando queimam combustíveis derivados de resíduos, devido a pequenos ciclos de calcinador dimensionados originalmente para combustíveis sólidos.

Veja também: