Reparo de trincas em paredes de alvenaria estrutural

Reparo de trincas em paredes de alvenaria estrutural

Como devem ser reparadas trincas a 45 graus em paredes de alvenaria estrutural?
Antes de pensar no processo de reparo, há a necessidade de diagnosticar corretamente qual a causa ou causas reais do problema. Fissuras a 45 graus geralmente são resultantes de recalques diferenciados das fundações, mas podem também ocorrer por concentração de tensões (ao redor de vãos de portas ou janelas, por exemplo), encurtamentos localizados de trechos curtos de paredes (funcionando como pilares), retração ou dilatação térmica de lajes, deformações do sistema de escoramento de lajes etc.

No caso de recalques, pode ser que seja preciso o reforço das fundações. Havendo certeza absoluta que os recalques encontram-se estabilizados, pode- se recorrer à completa substituição do trecho afetado da alvenaria (após conveniente escoramento da obra), costuras com vergalhões embutidos nas juntas de assentamento, introdução de pilaretes armados e grauteados transpondo fissuras múltiplas etc.

Para as demais possíveis causas, há a necessidade de soluções correspondentes, como a introdução de juntas de dilatação, a isolação térmica de lajes de cobertura, a introdução de apoios deslizantes etc.

Engo Ercio Thomaz | BCETAC – Centro Tecnológico do Ambiente Construído

Ruídos de percussão

O que são ruídos de percussão e qual a melhor maneira de isolá-los em salas de espetáculo?
Ruídos de percussão são aqueles que em geral são produzidos por impactos.

Na área musical são ruídos produzidos por instrumentos que sofrem impactos, como as baterias, os tambores, os atabaques, entre outros, e também por instrumentos em que o som é produzido por raspagem ou agitação, como o reco-reco e o chocalho, respectivamente.

Nos edifícios, o ruído de percussão é produzido por impactos em lajes ou paredes e se propaga estruturalmente para os demais cômodos da edificação, e também para as unidades habitacionais adjacentes, podendo ser fonte de incômodo para os vizinhos. Uma das formas de mitigar os ruídos de percussão em edifícios é utilizar, nas áreas onde haverá impactos em piso, mantas resilientes, entre a laje e o piso, ou também a utilizar pisos flutuantes para atenuar a transmissão.

Para isolar ruídos provenientes de salas de espetáculos, é importante observar as duas formas de propagação que ocorrem pela estrutura e pelo ar. Os instrumentos musicais, que sofrem percussão, devem estar sobre plataformas que absorvam as vibrações, de modo a minimizar a transmissão estrutural da vibração. Já para o som aéreo deve-se buscar uma isolação sonora adequada às características da sala e das fontes de ruído, lembrando que muitos dos instrumentos de percussão produzem ruídos de baixa frequência, que são de difícil isolação.

Marcelo de Mello Aquilino Laboratório de Conforto Ambiental e Sustentabilidade dos Edifícios – LCA – IPT

Veja também: