IPT encontra cerca de 580 painéis danificados na cobertura do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro | Téchne

Obras

Notícias

IPT encontra cerca de 580 painéis danificados na cobertura do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro

Danos foram causados pelos fogos de artifícios utilizados durante as Olimpíadas de 2016

Gabrielle Vaz, do Portal PINIweb
25/Maio/2017

A pedido da Concessionária Complexo Maracanã Empreendimento, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) realizou em fevereiro inspeções e um mapeamentos de danos como perfurações, queimaduras e rasgos nas membranas de cobertura do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, originários da queima de fogos de artifícios durante as Olimpíadas de 2016. O trabalho foi comparado com o relatório feito pela Schalaich Bergermann und Partner (SBP) após a Copa do Mundo de 2014.

Divulgação: Portal da Copa

A cobertura da arena possui 120 painéis divididos em 22 partes, totalizando 2.640 subpainéis. Duas equipes do IPT trabalharam no local, sendo que a primeira, formada por inspetores, teve a responsabilidade de procurar anomalias, dimensões e o grau de dano na cobertura e a segunda, composta por mapeadores, registrava as informações em desenhos esquemáticos e em ilustrações e fotos do Maracanã.

Foram detectados três graus de danos em 586 subpainéis: o grau 1, composto por danos que atingiram apenas a membrana superior; grau 2, quando a camada do polímero foi ultrapassada, fazendo com que o dano chegasse a camada de vidro; e o grau 3, quando ambas as camadas foram danificadas.

O relatório final do IPT recomenda a recuperação dos danos para não prejudicar futuramente a estrutura da cobertura e dos subpainéis. "Foi solicitada ainda a contratação de uma empresa especializada para a execução das atividades de recuperação, que ficará responsável por escolher os materiais e os procedimentos a serem adotados" comenta o coordenador do estudo, Diego Lapolli Bressan.

Destaques da Loja Pini
Aplicativos