Projeto de um protótipo de trocador de calor do tipo casco e tubos | Téchne

Artigo

Projeto de um protótipo de trocador de calor do tipo casco e tubos

Sistemas desse tipo têm muitas aplicações nas indústrias de geração de energia, química, farmacêutica e óleo e gás

Edição 243 - Junho/2017

Laira Martinelli
estudante, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Tamara Aimola Ronca Dale Vedove
estudante, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Andrea Borges Vieira Campos
estudante, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Jessica Miranda Rosa
estudante, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Nathalia Silvestrin Barbosa
estudante, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Rafael Caon Oliveira
estudante, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

Raul Messias Felix
estudante, Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)


O dispositivo usado para realizar o processo da troca térmica entre dois fluidos em diferentes temperaturas é conhecido como trocador de calor, na qual há a entrada e saída do fluido frio e do fluido quente. Segundo Almeida (2008) 'são equipamentos utilizados para aquecer e resfriar ambientes, no condicionamento de ar, na produção de energia e no processo químico'. O trocador de calor mais frequentemente usado em processos industriais é o tipo casco e tubos. Esses trocadores são amplamente utilizados no aquecimento, resfriamento, evaporação e condensação de fluidos. Trocadores desse tipo têm muitas aplicações nas indústrias de geração de energia, química, farmacêutica e óleo e gás. No presente trabalho é apresentada a metodologia de construção e a teoria utilizada para desenvolver um protótipo de um trocador de calor do tipo casco e tubos em conjunto com uma simulação computacional de uma rede de trocadores de calor. O trocador em questão proporciona uma troca de calor através de escoamento em contracorrente, com a entrada do fluido quente na região interna dos tubos de menor diâmetro e escoamento do fluido frio entre os tubos de cobre e a carcaça. São realizadas medidas de temperatura nas regiões de entrada e de saída, que proporcionam uma estimativa da eficiência alcançada com o protótipo

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Téchne

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.