O que são aditivos de concreto superplastificantes? De que forma agem quimicamente e em que medida ajudam na concretagem de estruturas com grande concentração de armaduras? Há contraindicações de uso? | Téchne

IPT Responde

O que são aditivos de concreto superplastificantes? De que forma agem quimicamente e em que medida ajudam na concretagem de estruturas com grande concentração de armaduras? Há contraindicações de uso?

Edição 240 - Março/2017
Reprodução
Quanto menor a quantidade de água livre, menor a resistência mecânica do concreto. Os aditivos aumentam significamente a fluidez do concreto com menos 'efeitos colaterais'

Concretos normalmente dosados geralmente apresentam relação água/cimento em torno de 0,5 a 0,65, quando a quantidade de água requerida para a formação do gel e reação química de 1 kg de cimento estaria na ordem de 300 a 400 gramas (a/c entre 0,3 e 0,4). Toda a água em excesso, necessária para produzir a trabalhabilidade requerida para o bombeamento/lançamento do concreto, é água livre: quanto maior o conteúdo de água livre, menor a resistência mecânica do concreto, maior a porosidade, a retração de secagem, a facilidade de ingresso de agentes agressivos etc.

Os aditivos plastificantes e os superfluidificantes de última geração - normalmente constituídos de lignossulfonatos, ácidos hidroxi-carboxílicos, naftalenos sulfonatos condensados com formaldeído, trimetil-melamina sulfonada condensada com formaldeído e outros - aumentam significativamente a fluidez do concreto, mantida a relação água/cimento. O emprego de tais aditivos é determinante para a obtenção dos concretos de alto desempenho (CAD) e dos concretos autoadensáveis (CAA).

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Téchne

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.