Quem são as Instituições Técnicas Avaliadoras (ITAs)? | Téchne

Tecnologia

Quem são as Instituições Técnicas Avaliadoras (ITAs)?

DATecs mais solicitados referem-se aos sistemas de paredes integrados por painéis pré-moldados de concreto ou mistos para emprego em edifícios habitacionais

Por Alexandra Gonsalez
Edição 238 - Janeiro/2017

Afalta de normatização de produtos e sistemas na indústria da construção civil costuma estar no topo da lista dos desafios enfrentados nesse segmento no país. A lacuna acaba gerando insegurança nos construtores em relação ao desempenho e à durabilidade de insumos e processos, além de colocar obstáculos para a disseminação de soluções inéditas para o mercado. Até 2007, a saída encontrada por muitos fabricantes era procurar avaliadores independentes para emitirem laudos sobre a qualidade dos sistemas e produtos construtivos que desenvolviam.

Esse cenário começou a mudar há dez anos, quando foi concebido o Sinat (Sistema Nacional de Aprovações Técnicas), dentro do PBQP-H (Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade do Habitat). Embora tenha sido criado em 2007, os processos avaliatórios entraram em vigor em 2009, com as primeiras deliberações dos comitês técnico e nacional. Para avaliar sistemas e produtos para a construção civil, atualmente o país conta com dez ITAs (Instituição Técnica Avaliadora) - leia mais nas págs. 44 e 45. Cabe a essas entidades conceder o DATec (Documento de Avaliação Técnica), enquanto o Sinat se encarrega de produzir as diretrizes de avaliação.

De acordo com a arquiteta Maria Salette Weber, coordenadora-geral do PBQP-H, em novembro de 2016 o Sinat foi ampliado em duas frentes de atuação: sistemas inovadores e convencionais de construção civil. 'Após dois anos de debates com todos os setores envolvidos, ampliamos o Sinat para melhor atender a uma área que amadureceu e cresceu muito na última década', afirma. A coordenadora explica que o trabalho do Sinat em sistemas convencionais é dedicado a produtos e sistemas já existentes e normatizados, mas que precisam ser avaliados com base nas Normas de Desempenho. 'O desafio agora é em relação às ITAs, que precisam se adequar para atender a duas demandas distintas', completa.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Téchne

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.