Ênio Padilha, autor do "Manual do Engenheiro Recém-formado", responde sobre formaçãoprofissional, especialização e imagem pessoal | Téchne

Entrevista

Ênio Padilha, autor do "Manual do Engenheiro Recém-formado", responde sobre formação profissional, especialização e imagem pessoal

Autor dá dicas para a formação dos profissionais, fala das lacunas do meio acadêmico e de habilidades a serem desenvolvidas

Eder Santin
Edição 233 - Agosto/2016
AlbertoRuy
ÊNIO PADILHA
Engenheiro eletricista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 1986 e mestre em Administração pela Univali em 2007. Foi fundador e diretor da Trifase Engenharia, empresa de projetos, consultoria e assessoria técnica, onde atuou durante 12 anos e realizou mais de 500 trabalhos em diversos Estados brasileiros. Desde 1998 é diretor da editora e produtora Oitonovetrês Produções, sediada em Balneário Camboriú (SC). Professor em cursos de pós-graduação nas disciplinas de gestão de carreira e marca pessoal e administração de escritórios de arquitetura e engenharia, atua também como palestrante, tendo ministrado mais de 180 palestras, no Brasil e em Portugal (Lisboa, Coimbra e Porto). É ainda articulista de jornais e sites, além de autor de dez livros nas áreas de marketing e negócios voltados à engenharia e arquitetura, obras que resultaram em mais de 44 mil exemplares vendidos no País.

Marketing, orientação profissional e desenvolvimento de carreira são atividades olhadas com desconfiança pelo meio técnico, compreensivelmente envolvido com os desafios tecnológicos da área. Mas o que acontece quando esses temas das 'ciências humanas' se cruzam com a vida profissional do jovem engenheiro? Dito de outra forma, como o recém-formado em engenharia deve proceder para construir uma carreira sólida e ao mesmo tempo manter seu interesse pelas ciências exatas? Ênio Padilha, engenheiro, professor, consultor e palestrante, dedica-se há quase 20 anos a essa e a outras questões ligadas ao posicionamento de pessoas e marcas no mercado. Autor de quase 400 artigos publicados e uma dezena de livros na área - algumas dessas edições com apoio do sistema Crea/Confea - o professor Ênio Padilha costuma ter grande receptividade entre os profissionais e estudantes, que já consumiram mais de 44 mil exemplares de suas obras. Seu último lançamento, 'Manual do Engenheiro Recém-formado', em sua segunda edição pela Oitonovetrês Editora (2015), promete ter o mesmo sucesso. Nesta entrevista para Téchne, o autor dá dicas para a formação dos profissionais, fala das lacunas do meio acadêmico e de habilidades a serem desenvolvidas. 'A gestão da própria imagem pública, que vem a ser o marketing pessoal, e a construção da sua marca pessoal são duas coisas importantíssimas, que todos os profissionais devem começar a fazer no momento em que entram na faculdade. Quem começa a se preocupar com isso somente depois de formado já está um pouco atrasado. A imagem pessoal é inseparável da imagem profissional', afirma.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Téchne

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.