As características de reação ao fogo dos materiais de acabamento e de revestimento diante da ABNT NBR 15.575:2013 | Téchne

Artigo

As características de reação ao fogo dos materiais de acabamento e de revestimento diante da ABNT NBR 15.575:2013

IPT avalia desempenho de materiais de acabamento e de revestimento de acordo com a Norma de Desempenho

Edição 232 - Julho/2016

Henrique Bandeira Faccio
Laboratório de Segurança ao Fogo e a Explosões do IPT
Mestrado Profissional em Habitação do IPT
henriqueb@ipt.br

Anderson Nobre da Silva
Laboratório de Segurança ao Fogo e a Explosões do IPT
andernobre@ipt.br

As grandes tragédias resultantes de incêndios impõem a necessidade de reflexão sobre os caminhos que devem ser trilhados para a melhoria das condições de segurança contra incêndio nas edificações. Nesse sentido, o incêndio na boate Kiss, ocorrido em janeiro de 2013, em Santa Maria (RS), consolidou-se como um marco na área de segurança ao fogo, uma vez que promoveu uma discussão nos campos da normatização, da regulamentação e da fiscalização.

Neste artigo é dada ênfase à questão da normalização de segurança contra incêndio no Brasil e, em especial, à abordagem sobre o controle das características de reação ao fogo dos materiais de acabamento e de revestimento presente nas partes 3, 4 e 5 da NBR 15.575:2013 Edificações Habitacionais - Desempenho.

Conteúdo exclusivo para assinantes da revista Téchne

Outras opções