Prova comentada - Sistemas Hidráulicos Prediais | Téchne

Tecnologia

Prova comentada - Sistemas Hidráulicos Prediais

Disciplina da Universidade de Brasília aborda os principais cuidados de projeto e de execução das redes de água potável, de esgoto e de águas pluviais de um edifício

Maryana Giribola
Edição 213 - Dezembro/2014
Foto: Marcelo Scandaroli

No curso de Engenharia Civil da Universidade de Brasília (UnB), o primeiro contato dos alunos com os sistemas hidráulicos prediais acontece na disciplina ministrada no nono semestre. Segundo a professora responsável, Cláudia Marcia Coutinho Gurjão, o objetivo é fornecer aos estudantes conhecimentos básicos que os habilitem a executar e analisar projetos de instalações prediais hidráulicas, sanitárias e de águas pluviais; especificar materiais e equipamentos; elaborar orçamentos; e aplicar e fiscalizar o cumprimento das diferentes técnicas de execução das instalações, tudo com base nas normas técnicas brasileiras que regem o projeto e a execução dos sistemas hidráulicos.

Na disciplina, a metodologia adota aulas teóricas e práticas. As aulas teóricas abordam conhecimentos administrados em sala, de maneira formal, complementadas com exercícios resolvidos em sala ou em casa. As aulas práticas, por sua vez, abrangem a execução de projetos em sala e aulas de laboratório, incluindo o aprendizado de programas computacionais que subsidiam a produção dos projetos de instalações hidráulicas.

Além de duas provas, uma com peso 1 e a apresentada a seguir, com peso 2, os alunos também são avaliados por meio de três projetos: um de instalações de água fria, um de esgoto sanitário e um de águas pluviais, que valem, ao todo, 50% do peso na nota final. "Como a disciplina faz parte do último período do aluno na universidade, eles já devem ter conhecimentos das demais disciplinas e devem, inclusive, saber realizar e compatibilizar os projetos hidráulicos com os demais projetos de uma edificação", explica a professora.

Acervo pessoal

Cláudia Marcia Coutinho Gurjão
cgurjao@unb.br

Professora no Departamento de Engenharia Civil e Ambiental e coordenadora da área de Sistemas Construtivos e Materiais da Universidade de Brasília (UnB), Cláudia detém desde 2007 o título de pós-doutorado em Geotecnia pela mesma universidade. A graduação e o mestrado em Engenharia Civil aconteceram em 1991 e 1994, respectivamente, pela Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).


BIBLIOGRAFIA BÁSICA

- Manual de Instalações Prediais Hidráulico-Sanitárias e de Gás. Borges, W. L. e Borges, R.S. 4ª ed. São Paulo, Editora PINI, 1992
- Instalações Hidráulicas e Sanitárias. Creder, H. 6ª ed. Editora Livros Técnicos e Científicos (LTC), Rio de Janeiro (RJ), 2006
- Instalações Hidráulicas. Macintyre, A. J. Editora Guanabara Dois, 1990
- NBR 5.626:1998 - Instalação Predial de Água Fria. Associação Brasileira de Normas Técnicas. Rio de Janeiro, 1998
- NBR 8.160:1999 - Sistemas Prediais de Esgoto Sanitário - Projeto e Execução. Associação Brasileira de Normas Técnicas. Rio de Janeiro, 1999
- NBR 7.198:1993 - Projeto de Execução de Instalações Prediais de Água Quente. Associação Brasileira de Normas Técnicas. Rio de Janeiro, 1993
- NBR 10.844:1989 - Instalações Prediais de Águas Pluviais - Procedimento. Associação Brasileira de Normas Técnicas. Rio de Janeiro, 1989
- NBR 13.714:2000 - Sistemas de Hidrantes e de Mangotinhos para Combate a Incêndio. Associação Brasileira de Normas Técnicas. Rio de Janeiro, 2000

Águas pluviais

Quais dispositivos podem ser utilizados para proteger as edificações das águas pluviais?

Foto: Marcelo Scandaroli

Comentários
O aluno deve conhecer os principais dispositivos utilizados no impedimento de infiltração de águas pluviais. Para isso, deve dominar as principais causas de infiltração, para poder atribuir o dispositivo correto e mitigar os riscos de patologias futuras nas edificações, como eflorescências e corrosões que possam comprometer a estrutura.


PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | Próxima >>
Destaques da Loja Pini
Aplicativos