Cobertura para casas populares com telhas termoisolantes | Téchne

Tecnologia

Cobertura para casas populares com telhas termoisolantes

Edição 160 - Julho/2010

Fotos: divulgação Isoeste
A telha térmica foi desenvolvida, primeiramente, para cobrir grandes instalações comerciais e industriais. Mas há algum tempo o mercado de construção civil vinha procurando um sistema que também atendesse ao segmento residencial. Foi então desenvolvida, com o crescimento do boom de habitações para a baixa renda, uma telha termoisolante especial para esse segmento, adequada para uma construção rápida e seriada.O sistema apresentado neste artigo foi especificamente desenvolvido para superar alguns desafios das construções desse segmento, caracterizada, geralmente, por métodos construtivos artesanais. O objetivo era imprimir maior velocidade ao processo construtivo da etapa de cobertura, aumentar a produtividade, reduzir o número de operações no canteiro e não gerar entulho.

Fotos: divulgação Isoeste
A opção por sistemas secos, nesse tipo de obra, permite a configuração de uma linha de montagem, de cronogramas bem definidos e processos enxutos, para otimização da mão de obra e redução do tempo de execução. O sistema desenvolvido oferecia três vantagens, segundo as análises de produto: eliminaria o uso de lajes ou forros, eliminaria o uso de estrutura complexa (em aço ou madeira) e aumentaria a agilidade do processo construtivo, em relação às obras convencionais.

O processo de montagem requer dois a cinco montadores apenas, é rápido, evita desperdício de material (as entregas são planejadas) e prescinde de locais de estocagem e equipamentos de grande porte para montagem. A telha termoisolante para cobertura de casas populares possui acabamento inferior, como acabamento final e forro. As casas podem ter o pé-direito elevado e cômodos mais amplos. As telhas chegam à obra no tamanho certo para instalação, produzidas em fábrica de modo automático e contínuo.

Materiais
O material utilizado é o aço galvalume na parte superior do produto e nos acessórios, núcleo isolante de poliuretano (PUR) - para proporcionar maior resistência mecânica - e filme de alumínio na parte inferior, para dar acabamento ao produto. Todo material usado na fabricação da telha termoisolante, bem como seu processo produtivo, buscam ser sustentáveis, visando o atendimento aos pressupostos dos programas habitacionais e das metas de ecoeficiência para o País.

As normativas seguidas estão na NBR 15.575:2008 - Edificações Habitacionais até Cinco Pavimentos - Desempenho - Parte 5. Nela podemos encontrar estudos como: medição de ruído de impacto de chuva em telhados e medição da condutividade térmica do produto, entre outros cálculos. O sistema de encaixe entre as telhas é simples e prático, dando acabamento superior ao telhado da residência. O trapézio preenchido do produto proporciona sua fixação na onda alta da telha, oferecendo maior estanqueidade à cobertura.

Fotos: divulgação Isoeste

Cuidados gerais
Deve-se descarregar e armazenar as telhas conforme instruções do fabricante, para evitar danos no produto antes de sua aplicação.
Para uma aplicação perfeita, é essencial que o profissional siga as recomendações contidas no Manual Técnico.As telhas, bem como os perfis de fixação, devem ser limpos e secos antes de serem aplicados, para facilitar o processo de limpeza.No caso de steel frame, eliminam-se os perfis metálicos, pois as telhas podem ser aplicadas diretamente na estrutura do frame.

A instalação elétrica da residência pode ser feita toda pelos perfis metálicos da cobertura, inclusive instalação de lustres e luminárias. Para maior eficiência do produto seguir a tabela de inclinação recomendada para esse tipo de sistema de cobertura (tabela 1). A caixa d'água é instalada em cima das paredes do banheiro. As paredes, independente do material utilizado, devem ser erguidas até a cobertura, para melhor isolação de cada ambiente interno da casa.

Fotos: divulgação Isoeste
Instalação elétrica feita com perfis metálicos
 
Fotos: divulgação Isoeste
Paredes erguidas até a cobertura

Fotos: divulgação Isoeste
Instalação da caixa d'água
 


Procedimentos de Montagem

1. Colocação dos perfis de aço junto às paredes da casa - geralmente usam-se insertes concretados, quando a parede é feita com sistema convencional. A montagem pode ser feita em média um dia após a concretagem. Podem ser instalados sobre qualquer tipo de fechamento lateral - placa cimentícia, bloco de concreto, tijolo, steel frame etc.

2. A instalação das telhas deve se iniciar sempre no sentido do desenho de trapézio, como estabelece o manual de montagem, sobrepostas umas às outras. A fixação é feita com parafuso autobrocante, simultaneamente. A fixação deve ser feita sempre na onda alta da telha.

3. Após todas as telhas terem sido instaladas e fixadas com parafusos, o próximo passo é a colocação da cumeeira, devendo-se fixá-la com parafusos.

4. Colocação dos perfis de acabamento da cobertura: lateral e frontal, todos com o mesmo acabamento de aço usado nas telhas, é feito com sistema de encaixe no produto e fixados com parafuso de costura.
Recomenda-se que as telhas sejam instaladas somente quando a alvenaria estiver rebocada. Dessa forma, a produtividade do sistema passa a ser de quatro coberturas por dia (baseado em um tamanho padrão de 40 m2/casa).

Fotos: divulgação Isoeste


Leia Mais
NBR 15.575: 2008 - Parte 5
www.isoeste.com.br
isoeste@isoeste.com.br

Destaques da Loja Pini
Aplicativos