Água quente | Téchne

Projetos

Água quente

Materiais poliméricos prometem maior flexibilidade e facilidade de instalação e ganham espaço nas instalações hidráulicas de água quente, em substituição aos tradicionais tubos e conexões metálicos

Por Juliana Nakamura
Edição 122 - Maio/2007
Embora há pouco tempo no mercado, tubulações em plástico, como o PPR, têm evoluído no que tange à execução de juntas e à durabilidade sem perder a característica que está dentre seus maiores trunfos, a flexibilidade

Conduzir água quente em uma edificação é uma tarefa que demanda da tubulação e de seus componentes resistência, durabilidade, estanqueidade, baixa rugosidade e boa condutibilidade. Por isso, entre os procedimentos fundamentais para a garantia do desempenho dessas instalações, o projeto de hidráulica deve partir da especificação adequada e do correto dimensionamento dos materiais que integram o sistema, em especial, tubos e conexões.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Téchne

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua assinatura.