Estacionamento-parque: qualificação paisagística | Téchne

Artigo

Estacionamento-parque: qualificação paisagística

Ricardo de Sousa Moretti PUC Campinas ricardo.moretti@ajato.com.br Nelia Miyuki Nishihata PUC Campinas nelianishihata@gmail.com

Edição 116 - Novembro/2006
Figuras 1 e 2 - Estacionamento com piso permeável e uso intensivo de vegetação, em pousada na cidade de Pirenópolis (GO)

Identificam-se boas perspectivas de aperfeiçoamento do projeto dos estacionamentos de veículos, em especial quanto à implantação dos 'estacionamentos- parque', com uso intensivo de arborização e parte significativa de área permeável. Esse tipo de estacionamento associa a possibilidade de redução de custos, pois a pavimentação e o sistema de captação e condução das águas pluviais constituem usualmente os itens de maior impacto na composição dos custos totais das obras de urbanização e infra-estrutura, em especial nos empreendimentos destinados ao uso residencial. Por outro lado, são possíveis soluções de forte potencial paisagístico, que tornam mais agradáveis os estacionamentos e agregam valor aos imóveis. Finalmente, os estacionamentos com pisos permeáveis e uso intensivo de vegetação podem trazer uma contribuição em sustentabilidade, com ênfase na prevenção das enchentes, redução das ilhas de calor, recarga dos aqüíferos subterrâneos e manutenção das vazões dos cursos d'água nas épocas de seca.

Conteúdo exclusivo para leitores
cadastrados ou assinantes da revista Téchne

Ainda não é um assinante PINI?
Escolha uma das opções abaixo e faça já sua asinatura.

Veja também

Equipe de Obra :: Obras :: ed 70 - Abril de 2014

Desempenho: Drywall com isolamento acústico

Equipe de Obra :: Obras :: ed 70 - Abril de 2014

Cuidados de execução de parede-diafragma

Téchne :: Téchne Educação :: ed 205 - Abril de 2014

Artigo discute dimensionamento de edifícios altos em alvenaria estrutural