Thyssenkrupp inaugura plataforma de observação a 232 metros de altura na Alemanha

Três anos após inaugurar o edifício para testar elevadores sem cabos, a Thyssenkrupp abriu para visitação a plataforma de observação de vidro da sua torre de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), localizada no último andar, a 232 metros de altura, em Rottweil, na Alemanha. O espaço proporciona uma visão panorâmica de 360 graus para a Floresta Negra e as montanhas dos Alpes Suábios.

No edifício foi instalado o primeiro elevador sem cabos do mundo, que funciona através de uma tecnologia de levitação magnética desenvolvida para o trem Transrapid. A tecnologia é utilizada nos acionamentos de motor linear. Com ela, várias cabinas do elevador podem operar em um único eixo, já que a construção é sem cabo. Desse modo, a capacidade de transporte aumenta em até 50% e, ao mesmo tempo, diminui o espaço do poço do elevador pela metade.

“Durante toda a fase de construção, quase nada deu errado e estou muito orgulhoso de a obra ter sido concluída dentro do orçamento e do prazo planejado”, disse Andreas Schierenbeck, CEO da thyssenkrupp Elevator.

O empreendimento tem arquitetura assinada por Helmut Jahn e Werner Sobek e recebeu um investimento de cerca de 40 milhões de euros. Ao todo, 15 mil m³ de concreto e mais de 2.500 toneladas de aço foram usados na construção da torre. Na fachada, há mais de 17 mil m² de fibra de vidro, pretegendo da luz intensa e quebrando a força dos ventos.