SindusCon-SP divulga os ganhadores do Prêmio de Excelência BIM

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) divulgou no final de outubro os vencedores das cincos categorias do Prêmio de Excelência BIM SindusCon-SP 2017. A premiação visa promover e incentivar a adoção do sistema de Modelagem da Informação da Construção (ou Building Information Modeling – BIM, em inglês) em empreendimentos, empresas, entidades públicas e academia.

Na categoria Academia, foi premiada a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo, “por suas ações pioneiras, pela maturidade na implantação de BIM no currículo e pela disseminação em diversas disciplinas”, de acordo com justificativa do júri. A modelagem passou a ser estudada há 10 anos tanto nos cursos de graduação, quanto pós-graduação na área de engenharia civil e arquitetura e urbanismo.

Em Fornecedor, por sua vez, ganhou a Duratex S.A. – Divisão Deca por disponibilizar biblioteca aberta, para várias plataformas, adotando processo de desenvolvimento participativo e melhorando o produto a cada nova versão. “A biblioteca tem que estar em um processo permanente de avaliação, prevendo atualizações e melhorias, a fim de atender às expectativas dos atuais e novos usuários, cada um com necessidades específicas”, explica a engenheira de aplicação da empresa Erica Bonilia Queiroz.

Em Projetista o grande ganhador foi o escritório Addor & Associados Projetos e Consultoria. Para o júri, a empresa inova e aprofundou a utilização de BIM no projeto de vedações, com desenvolvimento de customizações próprias. Nessa categoria, também foi dada uma menção honrosa a Athié I Wohnrath devido “ao grande número de usos de BIM praticados pela empresa e pelos expressivos resultados alcançados”.

Já a DOX Planejamento e Gestão levou a categoria Contratante por envolver a coordenação de múltiplos projetistas externos e pela completude da documentação de padronização que produziu para o efetivo gerenciamento de empreendimentos em BIM.

Por fim, na categoria Construtor o prêmio foi para a Sinco Engenharia. Sua indicação ocorreu pela maturidade de sua implementação de BIM e pelos sólidos resultados que vem auferindo através dessa metodologia. Na mesma categoria o júri decidiu, também excepcionalmente, conceder menção honrosa à Temon Técnica de Montagens e Construções como forma de destacar “a iniciativa pioneira de adoção de BIM por uma empresa instaladora de sistemas, não só em seus processos de projeto e execução, mas também na pré-fabricação de componentes”.

Os trabalhos foram avaliados de acordo com critérios como relevância, inovação, contribuição para a evolução do mercado e lições aprendidas. A comissão julgadora é composta por: Antônio Aguiar Costa (Universidade de Lisboa); Dionyzio Antônio Martins (COMT/CBIC); Eduardo Toledo Santos (Escola Politécnica da USP); Ivo Mainardi (GT BIM AsBEA/ Inovação BIM do Metrô de SP); Laura Marcellini (Abramat); Lucio Soibelman (Universidade do Sul da Califórnia); Marcos Velletri (Secovi-SP); Mário William Esper (Deconcic/FIESP); Nizar Lambert Raad (MDIC); Rogério Tsuyoshi Suzuki (Academia BIM/ SindusCon-SP) e Sérgio Koiti Kasazima (Abrasip).

A premiação é de R$ 1.000,00 para as categorias de Construtor, Contratante, Fornecedor e Projetista e de R$ 100,00 para Academia.

Veja também: